terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Questão do rabaçal chega a à UNESCO


A Quercus, associação dos amigos do parque ecológico do Funchal eum grupo de cidadãos enviaram, no final da passada semana, ao Director Geral da UNESCO, Koichiro Matsuura, e ao Comissário Europeu do Ambiente, Starvos Dimas, 5.291assinaturas de cidadãos que manifestaram a sua frontal discordância em relação à construção dum teleférico no rabaçal em plena floresta Laurissilva, Sitio da Rede Natura 2000, Reserva Biogenética do Conselho da Europa e Património Mundial Natural da UNESCO.

Petição continua activa
A petição continua activa na Internet (http:www.petitiononline.com/247132/petetion.html) e o grupo dinamizador aguardar pela Declaração de Impacte Ambiental para desencadear novas acções com “o objectivo de impedir a mastodôntica obra”.

O texto da petição faz referencia ao facto de existir uma forte possibilidade de vir a ser construído um teleférico no Rabaçal, onde se encontra uma importantíssima área de Laurissilva – que em 1992 foi incorporada na rede de reservas biogenéticas do Conselho da Europa e constitui Zona de Protecção especial – ZPE, no âmbito da direcção Aves.
Recordando que Laurissilva da Madeira ascendeu à qualidade de Património Mundial da UNESCO em Dezembro de 1999, os organizadores apelam para que “não se usem as mesmas e velhas desculpas de sempre e que o nome de um duvidoso desenvolvimento económico e social; da suposta satisfação e atracção de uma classe turística, que afinal diz em alto e bom som “stop building! We don´t want a cablecar here!”, se destrua aquilo que devendo e sendo preservado poderá ser a sustentabilidade de todo um valiosíssimo e raro ecossistema”.



Fonte: diario de noticias segunda feira, 24 de Novembro de 208

1 comentário:

janneth disse...

nao tinha conhecimento desta noticia mas na minha opiniao a construcçao de um teleferico no rabaçal e uma autentico disparate... axo que nao se devia estragar a maravilhosa paisagem aki existente pela acçao humana.... acho que para apresiar a verdadeira beleza da natureza devemos explorar a pé e nao simplesmente ao andar d teleferico acho que nada se compara ao andarmos a pe no meio da natureza, ter contacto com ela.... por isso se me preguntassem se concordava ou nao com a construcçao de um teleferico no rabaçar dezia logo sem exitar que nao concordava se calhar deve haver pessoas que concorda mas cd um tem uma opinia diferente sobre as coisa..

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios